Notícias
Últimas notícias
Assedio Moral No Século 21

Enquanto no passado o assedio moral era considerado parte do crescimento de algumas crianças, no mundo de hoje é um dos maiores problemas sociais de nossos dias. Pesquisas recentes mostraram até que o assedio moral entre algumas pessoas já atingiu proporções epidêmicas. Pode-se pensar que um problema tão vasto exigiria uma tarefa extremamente difícil, mas o assedio moral no século 21, na verdade, cai em duas categorias fáceis. Existe o tipo mais grave de assedio moral, que pode causar danos e destruição à vida de uma pessoa, enquanto existe o tipo mais leve, que seria divertido e não causaria tais danos.

Intimidação Física

A primeira coisa que alguém pensaria ao considerar o assedio moral é o assedio moral físico. O assedio moral físico é quando um ou mais membros de um grupo social infligem danos físicos a um indivíduo por causa de algo que outra pessoa disse ou fez a eles. Por exemplo, se um menino estava provocando outro menino e este não aceitou a piada, ele ou ela pode bater no menino. Isso é conhecido como humilhação, e esse tipo de assedio moral existe desde o início dos tempos, mas hoje assume um significado especialmente diferente.

Ensaio Sobre Assédio Moral

Na cultura de hoje, existem muitas formas diferentes de assedio moral e todas elas têm suas próprias normas sociais exclusivas. Você pode ler mais sobre este tópico agora mesmo e explorar encontre mais redação sobre assédio moral. Antigamente, o assedio moral assumia a forma de provocação em playgrounds, que frequentemente envolvia violência física. Hoje, muitas das normas sociais que desenvolvemos a partir de experiências sociais foram moldadas em expectativas sociais. Por exemplo, a norma social de que as meninas são boas nos esportes agora tem mais probabilidade de ser a norma para todas as meninas. Assim, as meninas que se destacam nos esportes também fortaleceram sua posição na sociedade. 

O Impacto De Tais Ações

O assedio moral no novo milênio, no entanto, evoluiu para algo completamente diferente. Muitas pessoas consideram aceitável menosprezar alguém só porque não se comporta com dignidade e respeito. Essas pessoas são consideradas fracas e inferiores, e esse tipo de assedio moral deixa uma impressão duradoura nas vítimas. Na verdade, muitos estudos têm mostrado que o assedio moral pode reduzir a autoestima de uma pessoa, porque a vítima pode sentir que não consegue lidar com o constante desprezo. Isso leva à depressão e a uma variedade de outros problemas de saúde mental.

Atenção A Este Problema

As pessoas devem tomar nota desse problema e aprender a defender aqueles que estão sendo intimidados. Uma nova consciência social está começando a tomar forma. Recentemente, duas meninas iniciaram uma campanha chamada "Não está tudo bem", que incentiva os jovens a falar quando vêem ou sofrem assedio moral. Eles incentivam as crianças a falar com os pais sobre o bullying, a se defenderem e a defenderem as outras pessoas. Esses esforços estão começando a dar frutos.

O assedio moral no novo milênio foi definido como uma norma social profundamente enraizada no coração e na mente de muitas pessoas. No passado, as pessoas que se levantaram contra o assedio moral eram frequentemente condenadas ao ostracismo e atormentadas, e às vezes até mortas. Hoje, porém, mais pessoas estão se manifestando contra o assédio moral e educando outras pessoas sobre a dor que ele causa. É hora de acabar com o assedio moral no século XXI. Eduque outras pessoas sobre os perigos e o poder que advém de defender você e sua comunidade.

Assessoria de imprensa

Tem interesse em receber nossas notícias
e ficar por dentro de tudo
que acontece em nossa empresa?
Solicite para nossa assesoria de imprensa!
comunicacao@grupoatlantis.com.br
(48) 3053 2565